• Categoria: TDAH
  • Escrito por Dra. Adriana L. C. R. Dutra de Oliveira
  • Acessos: 20303

Redefinindo o TDAH - Funções Executivas - Falta de Inibição

Article Index

 

FALTA DE INIBIÇÃO - É uma das características chaves do TDAH. A falta de inibição de um pensamento leva à desatenção. A falta de inibição de uma reação leva à impulsividade. A não inibição de uma ação física gera a hiperatividade. A  falta de inibição de um pensamento leva à desatenção.

 

 O QUE PODE SER FEITO PARA HIPERATIVIDADE:

 

- Use a movimentação (ir até o corredor, se levantar e andar na classe) como uma recompensa por bom comportamento.

 

- Encoraje a movimentação na sala de aula.

 

- Permita que o aluno que não consegue permanecer sentado se levante e ande ocasionalmente durante a aula. Ensine-o a fazer isso discretamente.

 

- Crie vários cargos, com diferentes funções, para os alunos trabalharem (ver lista de empregos).

 

- Durante o recreio promova e estimule jogos, corridas, atividades que exijam movimentação.

 

- Não use como punição reter o aluno durante o recreio.

 

 O QUE PODE SER FEITO PARA A IMPULSIVIDADE:

 

- Seja pró-ativo. Perceba quando o aluno está perdendo o interesse e proponha uma  nova ação antes que ele se torne disruptivo.

 

- Para alunos sem problemas de aprendizado, permita que ele exerça uma atividade (ler livros, gibis) enquanto o restante da classe está terminando a tarefa que ele já acabou.

 

 O QUE PODE SER FEITO PARA A DESATENÇÃO:

 

- Intercale atividades muito paradas com utras que permitam movimentação.

 

- Use instruções curtas e objetivas. Uma por vez.

 

- Use atividades que encorajem discussão ou uso de duplas.

 

- Coloque o aluno sentado ao lado de um colega que seja um modelo positivo.

 

- Escolha uma carteira perto da lousa ou do professor, longe de janelas e portas.

 

- Ensine o aluno a anotar pensamentos que estejam desviando sua atenção durante a aula, para retornar a eles no seu tempo livre.

 

- considere usar 2 conjuntos de material escolar (um para casa outro para escola) quando a criança se esquece com frequência trazê-lo para escola.

 

- Chame atenção do aluno quando for enfatizar um ponto importante ou novo da matéria.

 

- Tenha certeza de manter contato visual ao dar orientações.

 

- Permita que o aluno faça suas provas num local calmo, com poucas distrações.

 

- O tempo para realização das provas pode ser pequeno para essas crianças. Como o que se deseja é avaliar o conhecimento e não a rapidez, dê um tempo maior para que ele possa responder todas as questões.

 

 

Back to top